terça-feira, 11 de setembro de 2012



O tempo seco do verão não faz favores ao seu cabelo, mas a causa pode não ser apenas do exterior. Quando lava o cabelo, está a fazê-lo bem? Sim, é uma "ciência".
Porque razão a desculpa 'Nessa noite não posso, estou a lavar o cabelo!' é recorrente em filmes de adolescentes norte-americanos? Não é porque a personagem em questão não quer ir ao baile de finalistas com o rapaz impopular da escola. Não, é porque lavar o cabelo requer técnica. Confirme que a tem, evitando estes 4 erros e cumprindo as respetivas dicas:
Lavar o cabelo com demasiada regularidade, ou sem a regularidade suficiente: A ideia do dia-sim/dia-não é demasiado lata para a multiplicidade de personalidades capilares existentes - as regras, como em tudo na beleza, alteram-se consoante o indivíduo. Tal como com a pele, aprenda a conhecer o seu cabelo e quais os hábitos de lavagem que se lhe adequam, fazendo algumas experiências com a regularidade com que o lava - aumente e diminua a frequência e verifique como se comporta. O cabelo encaracolado tem tendência a ser mais seco, pelo que aguenta mais tempo sem ir a banhos, enquanto o cabelo fino tem mais propensão à oleosidade. Se for uma pessoa que se exercita diariamente, procure um champô com uma fórmula pouco agressiva e apropriada para lavagens diárias. Se não for fã do aspeto do cabelo fofo acabado de lavar, experimente identificar as áreas problemáticas do couro cabeludo e concentre-se nelas.
Lavar as pontas: Não caia no erro de tornar todos os fios de cabelo membros integrantes de uma conspiração numa bola de espuma. Concentre o champô no couro cabeludo, que é a zona responsável pela a oleosidade, e afaste-se das pontas, que têm tendência a ser mais secas. Lavá-las com champô vai secá-las ainda mais. No caso do condicionador, as regras são opostas: coloque-o nas pontas e não na raiz.
Não molhar o cabelo o suficiente: a pressa é inimiga da perfeição, e aqui não é excepção. O cabelo estará mais recetivo a aceitar o champô, se estiver bem molhado, por isso não salte ou apresse esta fase.
Fórmulas residuais: a utilização de produtos de styling deixam resíduos no cabelo. Uma vez por outra, utilize um champõ que faça uma limpeza mais profunda para dissipar todos os vestígios de outros produtos.
Agora que sabe a teoria, ponha em prática.
Por: Sara Andrade


1 comentário:

  1. Boas teorias :) Gostei do teu blog. Segui (A)

    (Participem no giveaway do blog)

    ResponderEliminar